12/31/2016

2016 Retrospetiva


Uau, parece que ainda ontem estava a entrar em 2016 e hoje estou aqui a preparar tudo para receber 2017 em familia. O que aconteceu com o tempo? Sinto que passou rápido demais e que muito ficou por fazer. 
O terminar de um ano e começo de outro é sempre um momento que me enche de expectativas, como quando terminamos um capítulo de um livro e seguimos para o próximo. Não sabemos o que nos aguarda, se será melhor ou pior, ou mais do mesmo. Será que a (nossa) história continuará a valer apena?

Apesar de estar em companhia para celebrar a chegada de 2017, este é também um momento meu, de pausa para refletir, para rever todos os acontecimentos, para traçar planos e objectivos. É um momento um pouco nostálgico, confesso.

Hoje fiquei a pensar em escrever-vos algo sobre o assunto, em fazer uma retrospetiva e dei-me conta de que estou repetidamente a refletir no que 2016 não foi para mim: os planos que não concretizei e as situações que aconteceram que não foram como previ ou planeei. Dei-me conta que nos últimos anos têm sido um pouco do mesmo, entro em modo piloto automático e ponho de lado os planos que tracei (nem sei onde coloquei a minha lista). Não é propositado, de verdade que não! Mas chego ao fim do ano a pensar em tudo o que poderia ter sido, em voltar no tempo para mudar as minhas ações e decisões.

Não posso voltar no tempo e nem posso culpar ninguém além de mim mesma por não ter acontecido como queria, mas posso lembrar-me desta reflexão para 2017, lembrar-me de que depende de mim fazer acontecer. Depende de mim cumprir os planos que tracei, depende de mim sair do piloto automático e começar a viver de acordo com os meus objectivos, porque sou eu que tenho o poder de mudar o curso do meu ano. 

Neste momento estou a esforçar-me por colocar de lado os pensamentos de não realização e focar-me nas coisas boas que aconteceram em 2016, porque sempre acontecem coisas boas, sejam ou não planeadas. Quero muito entrar em 2017 com energia, com felicidade e esperar que seja um ano de vitórias. Tenho tantos planos que quero ver fora do papel! E só depende de mim em primeiro lugar.

Já refletiram sobre o ano que passou? 2016 foi tudo o que queriam? Se foi, então ótimo, fico muito feliz de coração e desejo que 2017 seja ainda melhor. Se não foi, munam-se de energia positiva para celebrar a chegada de 2017 e aproveitem este novo ciclo para planear e começar a concretizar os vossos objectivos.  Acreditem e não os ponham de lado sem querer, tenham-nos sempre presentes.

Desejo-vos um 2017 cheiro de realizações. Sonhem, planeiem, inspirem-se e concretizem!

Feliz 2017!

Sem comentários:

Enviar um comentário